Tech Girls

Sobre as Tech Girls

Sobre as Tech Girls 1

Como nasceu e quem coordena as Tech Girls

O Tech Girls combate o analfabetismo digital entre as mulheres que não possuíam renda e que agora, graças às aulas gratuitas de empreendedorismo digital e tecnologia, resgataram sua autoestima emocional e financeira. O  objetivo é incentivar a logística reversa (destinando laptops recuperados para mulheres que querem empreender), capacitando estas mulheres para obterem autonomia financeira e resgate de auto estima, através de ensino gratuito de tecnologia e comércio digital. Detalhes clique aqui.  

Em 2017, foi fundado por Gisele Lasserre, em meio a crise profissional dos seus 40 anos, e necessidade de transição de carreira,  não encontrou um ensino com linguagem feminina que incentivasse, de fato,o aprendizado em tecnologia da informação. Mais tarde, em 2019 as profissionais de marketing digital Cristhiane Silva Pinto e Tais Lima, juntaram-se como co-organizadoras do Tech Girls, apaixonadas pelo propósito do projeto.   

Desta forma começaram a aplicar largamente a metodologia Tech Girls em associações de bairros e centros comunitários gratuitamente, na sequência empresas demonstraram interesse em receber capacitação, entre eles o Instituto Renault. Detalhes, clique aqui. 

Durante a pandemia a maioria do cursos foi migrado para uma plataforma de Ensino à Distância online, quando as Tech Girls receberam destaque na grande mídia nacional. Detalhes, clique aqui.

A transformação de lixo eletrônico em ferramenta de trabalho para as mulheres que concluíram a formação digital, envolvendo Universidade, também chamou a atenção da imprensa. Detalhes, clique aqui.

Outras comunidades femininas nacionais, igualmente gostam dos resultados gerados pelas Tech Girls, e logo as alunas foram convidadas para compartilharem seus testemunhais inspiracionais, inclusive com a participação de celebridades como a cantora e empreendedora Preta Gil. Detalhes, clique aqui.  

Por se tratar de um negócio social, o Tech Girls recebe mentoria do Instituto Legado, onde é aprimorada sua matriz de teoria da mudança, confirmando assim o ineditismo, inovação e a oportunidade de escalar mundialmente o projeto, que tem como foco ser adotado pela ONU ( Organização das Nações Unidas). Detalhes, clique aqui. 

Assista a reportagem da Globo RPC com a Aluna Tech Girls Rosa Petruy, que recebeu aulas particulares com as educadoras digitais.

Sobre as Tech Girls 2
Fechar Menu
× Como posso te ajudar?