Após 5 anos de atuação em Associações de Bairros, as Tech Girls inauguram Escola própria
Um lugar aconchegante para incentivar o aprendizado de Tecnologia Afetiva

Sede da Tech Girls 1

No incônico calçadão da Rua das Flores, bem no Centro de Curitiba, esse mês de  maio foi marcado pelo início das atividades do Espaço Tech Girls. Depois de 5 anos de atuação utilizando espaços cedidos em Associações de Bairros e Centro de Comunitários em Curitiba e outros pontos na Região Metropolitana, ter um espaço próprio Tech Girls, em um prédio comercial de Curitiba, foi uma grande conquista do projeto que já transformou a vida de mais de 500 mulheres.

Sede da Tech Girls 2
Sede da Tech Girls 3

Com a volta das aulas presenciais, ter um ponto de encontro para encorajar mulheres que nunca tiveram contato prévio com o ensino de tecnologia, a ingressarem em um mercado de trabalho que tem alta demanda por profissionais foi a cereja do bolo.

Um grande evento de inauguração reunindo alunas atuais e já formadas, bem como o poder público, empresas investidoras, entusiatas com a causa mulheres e tecnologia, acompanharam a palestra de sua fundadora, Gisele Lasserre, que contou um pouco das dificuldades de estrutuar um projeto como essa magnititude e sem muitos recursos financeiros. A gestora ambiental, Neice Thiesen, da empresa Interbio Tecnologia Ambiental, que esteve à frente de toda a regulamentação da Tech Girls nos òrgão de meio ambiente para concessão de acesso ao sistema de residuos sólidos, reforcou a importância do Tech Girls na economia circular.

Sede da Tech Girls 4

Prefeitura e UTFPR entre as presenças na Inauguração

Sede da Tech Girls 5

A prefeitura de Curitiba, que marcou presença com a presidente da Agência Curitiba, Cris Alessi, reforçou que o projeto é um orgulho de Curitiba. A mulher folha, símbolo da campanha lixo que não é lixo, também relembra que lixo-eletrônico deve ter ser a sua devida destinação final, como projetos como o Tech Girls, que recupera e devolve para quem mais precisa, os computadores.

Os professores da UTFPR, Jaime Favretto, Chefe dos Laboratórios de Robótica e Adolfo Neto, da Área de Desenvolvimento de Software, destacaram a relevância na formação de mulheres com baixas escolaridade e que se conectam de forma imediata pela energia e humanização presente no Tech Girls.

Assista como foi o desfile de inauguração do Espaço Tech Girls com as Bijouxtechs elaboradas pelas alunas

Reproduzir vídeo
Sede da Tech Girls 6

Conhece a missão do Tech Girls?

Promover  ações socioambientais em tecnologia focado na democratização e acesso ao ensino da computação nas comunidades carentes aplicando sua metodologia afetiva em tecnologia®, nas disciplinas de software, hardware, comércio eletrônico e arte/reciclagem lixo-eletrônico, é a missão do Tech Girls.

Sede da Tech Girls 7

Saiba como ajudar na causa Mulheres e Tecnologia